30 de novembro de 2014

2014/15 - Académica 0 - Benfica 2: Resumo

video

in sapovideos

2014/15 - 11J - Académica 0 - Benfica 2



A Académica perdeu este domingo com o Benfica por 2-0 numa partida que contou para a 11ª jornada da Primeira Liga. Os "estudantes" sofreram dois golos na primeira parte, um no início e outro no final, e hipotecaram as esperanças para este desafio.

Nico Gaitán e Luisão, este em fora-de-jogo, marcaram os golos do Benfica perante uma Briosa que se apresentou em campo com algumas novidades, nomeadamente a titularidade de Lee na baliza e a inclusão de Oualembo no onze inicial, tendo assim efectuado a sua estreia a titular na Académica.

Em desvantagem muito cedo no desafio, a Académica procurou ao longo de todo o jogo chegar, pelo menos, ao empate, mas as tentativas da Briosa revelaram-se infrutíferas.

Na próxima jornada, os "estudantes" voltam a jogar em casa, desta feita frente ao FC Porto. Força Rapazes!

nº espectadores:  12 582 
Árbitro: Jorge Ferreira

Crónica 

O Benfica recuperou o primeiro lugar com uma vitória em Coimbra, um dos maiores bastiões encarnados ou não datasse de 1973 o último desaire das águias nas margens do Mondego. Missão cumprida, pois então, em termos de resposta à saída da Europa e na reposição da normalidade na frente da tabela. 
   
A equipa de Jorge Jesus entrou a todo o gás, ávida de marcar cedo para esquecer rapidamente o adeus europeu. O onze da Luz foi praticamente o mesmo de São Petersburgo, exceção feita a Jonas, que recuperou a titularidade em detrimento de Lima. 

Ora o brasileiro foi, justamente, um dos mais ativos na abertura do jogo, com uma bola à trave, já depois do primeiro golo, que nasce de um passe brilhante de Enzo Perez, a isolar Gaitán para uma conclusão sem mácula do colega argentino. 
  
Apenas tinham passado oito minutos desde o apito inicial e o Benfica colocava-se à vontade na partida, perante uma Académica incapaz de acertar nas marcações: seria consequência das cinco alterações, todas por opção, no onze da casa? 
  
Um dos novos, Lee Winston, o tal que um dia defendeu uma grande penalidade de Neymar, estreou-se precisamente em jogos da Liga, e esteve em foco no segundo tento, numa altura em que os estudantes até estavam melhor. Sim porque, com melhor pontaria, o Benfica poderia ter avolumado o resultado facilmente a seguir ao primeiro tento, com destaque para o remate que foi ao ferro. 
   
O guarda-redes brasileiro, dizíamos então, resolveu sair quase até ao limite da grande área num livre de Enzo Perez, mas falha no tempo de salto e acaba por ser superado por Luisão, que cabeceia para a baliza deserta. 

Estava fora de jogo o capitão encarnado, mas a abordagem do guardião foi despropositada e recebeu pesado castigo. O segundo golo, a cair sobre o intervalo, foi o melhor que a equipa de Jorge Jesus poderia pedir para encarar a segunda parte com toda a tranquilidade. 
   
O mais difícil estava feito e, como tal, a segunda parte foi jogada numa toada bem mais conservadora. Lee foi logo colocado à prova, com um disparo de Jonas, defendido com dificuldade para canto. 
  
A Académica continuava sem soluções para contrariar a hegemonia encarnada, mesmo com Salli em campo, um extremo veloz e agitador. O Benfica geria os tempos de jogo, sem forçar muito, mas também sem passar por sobressaltos. 
  
A maior nota de interesse veio mesmo da bancada, onde os desacatos, no setor ocupado pelos adeptos do Benfica, levou à intervenção da polícia e à interrupção do jogo durante cerca de cinco minutos. Cenas tristes que teimam em acontecer nos estádios do país. 

Destaques

A Figura: Enzo Perez 
  
O passe longo que fez, de pé esquerdo, para isolar Gaitán no primeiro golo define muito daquilo que foi a exibição do argentino. Geométrico, esclarecido, e veloz da cabeça aos pés, foi o motor que acelerou o ataque das águias quase sempre com bons resultados. Além disso, tem energia para dar e vender. 
  
O momento: Luisão marca em fora de jogo 
  
Numa altura em que a Académica começava a acertar nas marcações e a pressionar melhor, o Benfica parecia longe do início fulgurante da partida e a possibilidade de discussão do resultado começava a ganhar forma. É neste momento que um livre de Enzo Perez para a área encontra Luisão em fora de jogo, que, mesmo assim, cabeceia por cima de Lee Winston, em noite de estreia infeliz na Liga. O guarda-redes brasileiro arriscou a saída, quase no limite da grande área, e saiu-se mal. 
  
Outros destaques:
  
Gaitán 
 Se o Benfica entrou a toda a velocidade em Coimbra em muito o deveu à ação do extremo argentino. Irrequieto, colocou a defesa da casa num desassossego, e materializou toda essa energia num golo de belo efeito. O passe de Enzo Perez levava o selo do golo, mas o esquerdino foi lesto na receção e na forma como ultrapassou Lee Winston. E assim começaram os encarnados a resolver a partida. 
  
Jonas 
Não marcou desta vez, coisa rara nos últimos tempos, mas esteve bastante ativo. É forte nas movimentações sem bola e isso deixa-o em vantagem na hora de finalizar. Podia ter feito o 0-2 num cabeceamento que acertou na trave com Lee Winston batido, mas continuou a insistir e voltou a estar perto do golo na segunda parte, com um bom remate, mas o brasileiro respondeu bem desta feita. 
  
Savio 
Quando Jonas, Gaitán ou Enzo Perez, que haviam assumido protagonismo até então, deixaram de brilhar coube ao argentino assumir as principais ações no ataque. Com boas infiltrações pela direta, tentou oferecer o golo aos companheiros, mas não lhe fizeram a vontade. 
  
Talisca 
Noite-não do melhor marcador da Liga. Não se deu bem com a marcação forte de Fernando Alexandre e também não lhe sobrou muita inspiração. Há jogos assim. 
  
Salli 
Sacrificado pelo esquema conservador do técnico, apenas com um extremo de raiz, a diferença de velocidade fez-se notar assim que entrou em campo. 

Opiniões

Paulo Sérgio, treinador da Académica, depois da derrota diante do Benfica (0-2), no Estádio Cidade de Coimbra, em jogo da 11ª jornada: 

«Não é fácil jogar contra o Benfica, uma equipa de outro nível, temos de saber qual o lugar que ocupamos. Dispusemos-nos a lutar por pontos, cometemos alguns erros, mas a equipa esteve bem posicionada, procurando espreitar algum contra-ataque. Com 1-0 ao intervalo o Benfica teria de ter outros cuidados, mas com o 2-0, da forma como foi marcado, ficou muito mais difícil. A equipa trabalhou, temos de tirar ilações positivas e negativas».



Jorge Jesus, treinador do Benfica, em declarações à «Sport TV», depois da vitória sobre a Académica (2-0), no Estádio Cidade de Coimbra, em jogo da 11ª jornada da Liga: 

«O Benfica quando perde, normalmente a seguir tem jogos vitoriosos, como foi no caso de hoje. Nos primeiros 45 minutos estivemos melhor do que na segunda parte, mas também estávamos a ganhar 2-0 e tínhamos jogado na quarta-feira A primeira meia-hora foi de grande qualidade e fizemos um golo bonito. A Académica praticamente não teve uma oportunidades de golo. O Benfica podia ter feito mais golos. Foi um jogo de uma equipa experiente, uma equipa tranquila e confiante. A ideia do jogo foi sempre fazer o 3-0, foi isso que passei ao intervalo à equipa, para dar uma margem de maior conforto à equipa. Mas o tempo foi correndo, as substituições foram a pensar nisso. Os adeptos do Benfica apareceram mais uma vez em grande numero e ajudaram a equipa». 

Marcos Paulo, jogador da Académica, em declarações à Sport TV, analisa a derrota caseira com o Benfica (0-2): 
  
«A equipa entrou bem, mas sofremos aquele primeiro golo que desestabilizou. O segundo golo, antes do intervalo, foi crucial para a vitória do Benfica.» 
  
«Não se passa nada de mais. Esta a faltar uma pontinha de sorte. As jogadas estão a sair, temos cumprido o que o mister pede.»

Luisão, capitão do Benfica, analisa a vitória no reduto da Académica (0-2), em declarações à Sport TV: 
  
«Foi difícil. Preparamos cada jogo com uma humildade imensa, viemos para lutar e competir, frente a uma equipa aguerrida, mas estamos de parabéns.» 
  
[sobre o efeito da eliminação das provas europeias] «Não sei por que se falou tanto. Chegámos a duas finais da Liga Europa. O objetivo era passar, mas o trabalho que temos feito é muito bom. Ficámos tristes pela eliminação, mas agora focamos no que resta.» 
  
[a equipa continua motivada?] «A motivação já está lá em cima só de vestir a camisola do Benfica.»

Ao minuto 

90'FIM DO Académica, (0) - Benfica, (2)
O Benfica volta à liderança da Liga com um triunfo justo em Coimbra. Os encarnados marcaram cedo por Gaitán e resolveram o encontro com o 2-0, de Luisão. Um lance marcado por dois erros: do assistente [o central estava em posição irregular] e do guarda-redes dos estudantes, que saiu da baliza completamente fora de tempo. Os encarnados têm de novo dois pontos de vantagem sobre o V. Guimarães.
90'Entra Lima (Benfica)
90'Sai N. Gaitán (Benfica)
90'Pé em riste direto ao tornozelo de Samaris. Académica com dez.
90'Cartão vermelho para Marinho.
90'PERDIDA DE DERLEY! Bem jogado pelo Benfica, com o avançado a ficar com a bola à entrada da área, mas a não ser suficientemente rápido para rematar sem ser pressionado. Oualembo desviou.
90'Sete minutos de compensação.
86'Cartão amarelo para Marinho.
86'Segue o encontro, perderam-se cinco minutos.
82'Jogo interrompido. Há adeptos na pista de atletismo do estádio.
80'Intervenção policial na bancada.
79'Marcos Paulo remata contra a barreira, a bola sobra para Oualembo que cruza e Iago cabeceia ao lado.
78'Falta perigosa a favor da Académica.
78'Estão 12584 espectadores em Coimbra.
77'DERLEY! Bola para o brasileiro na área, que da zona de penálti, a passe de Gaitán, atira à figura de Lee!
75'Segura Lee! Salvio entra na área, toca para trás para Gaitán e o remate sai à figura do guarda-redes!
75'Entra Derley (Benfica)
75'Sai Jonas (Benfica)
75'Jesus também mexe.
74'Entra Schumacher (Académica)
74'Sai Ivanildo (Académica)
74'Entra Marinho (Académica)
74'Sai Rafael Lopes (Académica)
74'Dupla substituição na Académica.
73'Cartão amarelo para Jardel.
72'Cruzamento de Ola John, corte de Iago.
70'Cartão amarelo para Ivanildo.
69'Júlio César segura sem problemas um remate de Ivanildo, na sequência do livre.
68'Falta perigosa a favor da Académica.
67'Cartão amarelo para Maxi Pereira.
67'CORTA A ACADÉMICA! Jonas lança Salvio que trabalha na direita e tenta servir Gaitán. A Académica consegue intercetar no último instante.
65'Salvio e Gaitán combinam numa jogada rápida, mas o último passe do 18 permite a interceção de Aníbal Capela.
62'Gaitán passa a jogar no meio, Ola John à esquerda.
61'Entra O. John (Benfica)
61'Sai Talisca (Benfica)
61'Cartão amarelo para André Almeida.
61'Remate de Marcos Paulo à figura de Júlio César.
61'Júlio César segura. Rafael Lopes combinou com Salli, mas o guarda-redes chegou primeiro.
60'Ola John vai entrar.
59'Jorge Jesus prepara uma substituição.
56'Falta do Benfica no canto.
55'Cartão amarelo para Rui Pedro.
55'Canto para o Benfica.
55'Fora de jogo de Rafael Lopes.
53'Salvio afasta da área.
53'Canto para a Académica.
52'O canto não causa perigo.
52'Canto para o Benfica. Iago cortou pela linha de fundo.
51'Falta sobre Gaitán, em zona lateral.
50'O canto do Benfica sai ao primeiro poste e a Académica afasta da área.
50'JONAS! Remate de longe que Lee defende para canto!
46'Responde a Académica com Rui Pedro a desviar por cima um cruzamento da esquerda!
46'Ataca o Benfica e Talisca e Jonas veem duas tentativas intercetadas.
46'Recomeça o Académica - Benfica
46'Entra E. Salli (Académica)
46'Sai Fernando Alexandre (Académica)
46'Paulo Sérgio mexe ao intervalo.
45'Intervalo no Académica - Benfica
45'GOOOOOOOOOOOOOOOOOLO de Luisão.
Erro do guarda-redes da Académica e erro do assistente! O Benfica ensaiava um livre estudado, mas a Académica fechou bem. Enzo Pérez decidiu-se depois por colocar a bola na área, mas para a entrada. Lee resolveu sair, mas Luisão saltou mais alto e cabeceou para uma baliza deserta. O capitão do Benfica estava em posição irregular, no entanto.
45'Falta sobre Gaitán. Livre lateral para o Benfica.
44'Corta Maxi! Jogada perigosa da Académica, com o lateral uruguaio a resolver já na área encarnada.
42'Cartão amarelo para Marcos Paulo.
40'Canto curto, depois Ricardo Nascimento coloca na área, o Benfica afasta e a Académica perde a bola na insistência.
40'Canto para a Académica.
39'Cartão amarelo para Jonas.
37'Lee afasta a punhos e depois Enzo Pérez remata ao lado.
36'Canto para o Benfica.
36'Falta sobre Samaris que depois derruba Rui Pedro. O árbitro assinala a primeira infração.
33'Período mais calmo do jogo, agora.
30'Pressionado, Júlio César deixa passar a bola entre as pernas e depois resolve.
27'Benfica a cheirar o segundo...
24'Que perdida!!! Enzo Perez, em jeito, a rasar o ângulo esquerdo da baliza de Lee!!!
23'Jonas ao ferro!!! Cruzamento de Gaitán!!!
21'Para fora!!! Era outra vez Gaitán!! Lançado por Jonas na esquerda, o argentino remata de pé esquerdo, a rasar o poste!!!
16'Cartão amarelo para Fernando Alexandre.
15'Mais um livre para Júlio César sacudir. Lesiona-se, todavia, o guarda-redes do Benfica!
14'Encaixa Júlio César. Era o primeiro remate da Académica, num livre de Marcos Paulo...
12'Gaitán dá para Jonas, este descobre Talisca ao meio, mas o remate do camisola 30 sai fraco e à figura de Lee.
10'Insiste o Benfica no ataque, com um canto. Não causa perigo, porém.
8'GOOOOOOOOOOOOOOOOOLO de N. Gaitán.
Passe de Enzo Pérez de pé esquerdo para as costas da defesa da Académica. Gaitán levanta a perna esquerda para receber, dá um toque com a coxa esquerda para ultrapassar Lee e, de pé esquerdo, atira para uma baliza deserta!
6'Canto para Luisão que, praticamente, levou com a bola na cabeça e saiu muito longe da baliza de Lee.
6'Canto para o Benfica.
4'POR CIMA! Canto para a entrada da área de Talisca, Enzo Pérez surge para o remate, mas a bola sai por cima.
4'Canto para o Benfica. Boa jogada dos encarnados, mas o passe de Jonas para Salvio é intercetado.
3'Bola longa de Aníbal Capela para Rafael Lopes. Júlio César agarra sem problemas.
1'Remate de Gaitán, rasteiro, sem problemas para Lee.
1'Começa o Académica - Benfica
0'Equipas em campo. Jogo prestes a começar!
0'Vantagem esmagadora dos encarnados em Coimbra. Num encontro que é um autêntico clássico (142 jogos, no total de todas as competições em casa e fora), o Benfica já venceu por 46 vezes no recinto dos estudantes contra oito vitórias apenas da Briosa, havendo ainda 16 empates a registar.
0'Vantagem esmagadora dos encarnados em Coimbra. Num encontro que é um autêntico clássico (142 jogos, no total de todas as competições em casa e fora), o Benfica já venceu por 46 vezes no recinto dos estudantes contra oito vitórias apenas da Briosa, havendo ainda 16 empates a registar.
0'Já Jorge Jesus, em relação ao jogo com o Zenit, troca apenas Lima por Jonas.
0'Saem Cristiano, Aderlan, Nuno Piloto, Magique e Schumacher, entrando para os seus lugares Lee Winston, que jogará pela primeira vez na Liga, Oualembo, como estreia absoluta com a camisola preta, e regressam Fernando Alexandre, Rui Pedro e Rafael Lopes.
0'Grande revolução no onze de Paulo Sérgio, que muda cinco jogadores em relação à última partida, em Vila do Conde!
0'O árbitro da partida será Jorge Ferreira, de Braga, auxiliado por Inácio Pereira e Jorge Oliveira. O quarto árbitro será Artur Moreira.
0'Suplentes da Académica: Cristiano, Aderlan, Nuno Piloto, Marinho, Schumacher, Magique e Edgar Salli.
0'Suplentes do Benfica: Artur, Lisandro López, Lima, Cristante, Pizzi, Ola John e Derley.
0'ACADÉMICA: Lee Winston; Oualembo, Aníbal Capela, Iago Santos e Ricardo Nascimento; Fernando Alexandre e Obiora; Rui Pedro, Marcos Paulo e Ivanildo; Rafael Lopes.
0'BENFICA: Júlio César; Maxi Pereira, Jardel, Luisão e André Almeida; Samaris; Salvio, Enzo e Gaitán; Talisca e Jonas.
0'ONZE DO BENFICA!
0'Ouve-se a guitarra de Carlos Paredes, como é habitual em Coimbra antes dos jogos...
0'CONVOCADOS DO BENFICA: guarda-redes - Júlio César e Artur Moraes; defesas: André Almeida, Maxi Pereira, Luisão, Jardel, Lisandro López e Benito; médios - Samaris, Cristante, Enzo Perez, Gaitán, Salvio, Pizzi e Ola John; avançados: Talisca, Jonas, Derley e Lima.
0'Nélson Oliveira e Bebé, avançados que fizeram parte das opções para o jogo com os russos, além de Paulo Lopes, ficaram desta feita em Lisboa, uma vez que a lista passou de 21 para 19 jogadores.
0'Lisandro López é a principal novidade na lista de convocados de Jorge Jesus para o jogo deste domingo. O central, que cumpriu castigo frente ao Zenit, para a Liga dos Campeões, está de volta aos eleitos encarnados.
0'Chega o autocarro do Benfica, por entre aplausos...
0'CONVOCADOS DA ACADÉMICA: guarda-redes - Cristiano e Lee; defesas - Aderlan, Oualembo, Capela, Iago Santos e Ricardo Nascimento; médios: Fernando Alexandre, Obiora, Pedro Nuno, Marcos Paulo, Nuno Piloto e Rui Pedro; avançados - Marinho, Magique, Schumacher, Rafael Lopes, Ivanildo e Salli.
0'Com apenas João Real de fora por motivos físicos, falham a partida por decisão do técnico Fábio Santos, Ofori, Hugo Seco, Olascuaga e Lucas Mineiro.
0'O ex-júnior dos estudantes volta aos eleitos para ocupar o lugar de Lino, que ficou de fora por opção, isto em relação ao último jogo da equipa, em Vila do Conde.
0'O regresso de Pedro Nuno é a principal novidade da lista de 19 jogadores escolhida por Paulo Sérgio para este encontro.
0'Aliás, por aquilo que pudemos testemunhar lá fora. é maior a afluência ao centro comercial contíguo do que propriamente ao estádio...
0'O Benfica proporcionou a maior assistência de sempre neste estádio, superior a 25 mil pessoas, aquando da sua inauguração, mas hoje são esperados cerca de 10 mil adeptos.
0'Como é habitual, é esperada uma boa casa, mas longe dos mais de 19 mil espetadores que assistiram ao jogo com o Sporting, no início da época.
0'Este jogo será também importante para ver como reage a equipa de Jorge Jesus ao afastamento prematuro das competições europeias.
0'Já a Académica ocupa atualmente a 16ª posição da tabela, com oito pontos, e quer, naturalmente, manter-se afastada das posições de descida.
0'As águias procuram recuperar o primeiro lugar perdido para o V. Guimarães, que as ultrapassou na sexta-feira depois do triunfo sobre o Moreirense.
0'Fim de tarde agradável em Coimbra, agora já com sol e uma temperatura de 15 graus. O relvado está em boas condições.
0'Boa tarde. Coimbra reaviva-se para receber o campeão, num clássico do futebol português. Académica-Benfica, AO MINUTO, para seguir a partir de agora no MAISFUTEBOL. Fique connosco!

Outros 

O Académica-Benfica [0-2] deste domingo ficou marcado por incidentes na bancada. O jogo chegou mesmo a estar interrompido. Aos 80 minutos, o árbitro Jorge Ferreira parou o encontro, uma vez que, devido à carga policial, muitos adeptos invadiram a pista de atletismo. 

O jogo esteve cinco minutos interrompido. Foi retomado e terminou com vitória encarnada.

Outros

«Espero que isto não se repita» - José Eduardo Simões

O presidente da Académica esteve presente na sala de imprensa após o encontro e condenou os incidentes que ocorreram nas bancadas.

«Espero que isto não se repita, os adeptos têm de mostrar que o futebol é para atrair gente aos estádios. Devem ser educados, tolerantes e confraternizar, isso é que é importante», revelou.

Para além disso, mostrou compreensão para com os responsáveis pela revista dos adeptos antes de entrarem no estádio.

«Hoje em dia, um petardo tem uma dimensão que é impossível de ser detetado, só se fizermos como nos aeroportos», ironizou o presidente dos estudantes.

in AAC, maisfutebol 


2014/15 - 11J - Académica - Benfica: Bilhetes


Confira o preço dos bilhetes (Planta virtual do Estádio):


Sócios com bilhete de época (pack 12 jogos não incluído) Entrada gratuita
Sócios sem bilhete de época 15 €
Bancada Norte - Zona Visitante 25 €
Público - Bancada Poente Inferior 35 €
Público - Bancada Poente Superior 40 €
Público - Bancada Nascente Inferior 35 €
Público - Bancada Nascente Superior 40 €
Público - Bancada Sul Inferior (4A) 20 €
Público - Bancada Sul Inferior (5A) 25 €

Académica-Benfica: afogar mágoas europeias no Mondego

O Momento:

Académica

Com apenas uma vitória no campeonato, em Arouca, há dois meses, os estudantes apresentam o curioso registo de contar apenas com empates em todos os jogos disputados em casa… e já lá vão cinco. Aconteça o que acontecer, a equipa de Paulo Sérgio não ficará abaixo da linha de água após esta jornada, mas pode ver os rivais aproximarem-se e, dentro de uma semana, é o FC Porto que visita Coimbra…

Benfica

As ondas de choque da eliminação da Europa têm de ser travadas à entrada de Coimbra, pois o V. Guimarães fugiu para o primeiro lugar e perder pontos para os mais diretos rivais não contribui para entrar no caminho que Luís Filipe Vieira pediu logo após a saída de cena encarnada. O terreno costuma ser favorável, o resto será com os pupilos de Jesus.

Ausências:

Académica: João Real, condicionado.

Benfica: Eliseu, Sílvio, Rúben Amorim, Fejsa e Sulejmani, lesionados.

Discurso direto:

Paulo Sérgio: «Não é daqueles jogos do Totobola em que todos apostam no 1, mas acreditamos em algo positivo. Independentemente do que acontecer, com o favoritismo e responsabilidade a cair todo para o adversário, vamos lutar pelos pontos com convicção, mas sabendo que o caminho é longo e temos talento e competência para atingir nossos resultados.»

Jorge Jesus: «O Benfica está sempre pressionado, desde que começa a época. Os objetivos foram traçados no início. O grande objetivo é o campeonato nacional. Gostávamos de estar na Liga dos Campeões. Se facilita? É menos uma competição. Na teoria pode facilitar, na prática não sei. Vamos tentar defender a conquista do título. Não é do título, é dos títulos.»

Histórico de confrontos:

Vantagem esmagadora dos encarnados em Coimbra. Num encontro que é um autêntico clássico (142 jogos, no total de todas as competições em casa e fora), o Benfica já venceu por 46 vezes no recinto dos estudantes contra oito vitórias apenas da Briosa, havendo ainda 16 empates a registar. E depois há essa marca assinalável de quase 41 anos sem derrotas para as águias. A última vez que a Académica ganhou numa visita do Benfica foi a 9 de dezembro de 1973.

Equipas prováveis:

ACADÉMICA:



Outros convocados: Lee, Oualembo, Nuno Piloto, Marcos Paulo, Pedro Nuno, Magique, Marinho e Shumacher.

BENFICA:



Outros convocados: lista não divulgada.

in maisfutebol

Paulo Sérgio e o Benfica: «Não vamos abdicar de jogar»

Paulo Sérgio não acredita que o Benfica venha a Coimbra, este domingo, preocupado por ter perdido o primeiro lugar para o V. Guimarães. «Essas coisas não estão na cabeça de ninguém. Quando o jogo abre, há uma bola a rolar, ideias e conceitos para colocar em prática, e os jogadores não pensam nisso», assegurou o treinador da Académica, este sábado, em conferência de Imprensa, para falar de um adversário poderosíssimo: 
  
«O Benfica ganhou tudo internamente, está a trilhar um caminho este ano nessa busca, e, portanto, sabemos de toda a sua qualidade. Tem um inspiradíssimo Jonas, ou um Talisca que é um estrangeiro que veio somar e engradecer o nosso campeonato. Mas perdeu pontos no passado e vai perdê-los no futuro. Tudo vamos fazer amanhã para que seja também assim.» 
  
O técnico promete lutar por cada metro de terreno. «Não é daqueles jogos do Totobola em que todos apostam no 1, mas acreditamos em algo positivo. Independentemente do que acontecer, com o favoritismo e responsabilidade a cair todo para o adversário, vamos lutar pelos pontos com convicção, mas sabendo que o caminho é longo e temos talento e competência para atingir nossos resultados», assegurou. 
  
«Estivemos a preparar uma estratégia durante a semana para extrair algo de bom deste jogo, e vamos ter uma Académica, não preocupada em bonitas figuras, mas sim em competir, na procura dos pontos. Tem-nos faltado qualquer quer coisa em casa [a equipa só tem empates], mas queremos ser competitivos. Este não é diferente dos outros jogos, em que temos de nos organizar e tudo fazer para conquistar pontos», completou. 
  
Paulo Sérgio diz que a Briosa sofreu a maior parte dos golos de forma «muito facilitada», pelo que apela a que a equipa seja mais pragmática e séria. «Não acredito que a minha equipa abdique de jogar. Tem de estar preparada para saber ter a bola, não pensar só no contra-ataque. Tem de saber explorar os espaços quando os houver, saber gerir cada momento do jogo», avisou. 
  
Deixando apenas uma dica para o jogo deste domingo – Rafael Lopes vai jogar –, o treinador dos estudantes lamentou o «calvário» de João Real, central que tem estado lesionado desde a segunda jornada, e relativizou as dificuldades que Jorge Jesus disse serem próprias dos jogos em Coimbra. 
  
«Sabemos que não somos felizes desde 1973, por isso, é relativa essa dificuldade, mas tudo faremos para que se passe a falar 2014 e não mais de 73…»

in maisfutebol 

Rafael Lopes: «Benfica? Não há jogos ideais…»

Rafael Lopes chegou à Académica em Janeiro, com a áurea de melhor marcador da II Liga, mas só no início desta época, frente ao Sporting, foi capaz de voltar a festejar um golo. A «seca» dura desde então, levando à pergunta: será o ponta-de-lança da Briosa um jogador talhado para marcar aos grandes? 
  
«Trabalho para marcar em todos os jogos, é claro que um golo a um grande dá outra visibilidade, mas não é diferente», reagiu o camisola 30 dos estudantes, quando confrontado com o tema esta sexta-feira, numa altura em que a equipa luta para não cair em zona de despromoção. «Não há jogos ideais, todos são difíceis. Precisamos de ganhar e é para isso que estamos a trabalhar.» 
  
O avançado da Académica diz não saber como irá apresentar-se o campeão nacional depois da eliminação da Europa.«Podem vir com o peso derrota, e, ai, cabe-nos aproveitar, mas também podem querer ganhar por isso mesmo. Estado anímico? Penso que não acusarão cansaço não, mas podem estar revoltados e chegar aqui com uma atitude muito agressiva para ganhar», destacou, prometendo muita luta: 
  
«Estamos bem, confiantes, a paragem foi boa para recuperar jogadores e reforçar a união do grupo. Estamos Unidos e confiantes. Vamos entrar com objetivo de ganhar, depois, no decorrer do jogo, veremos qual o melhor resultado. Este jogo e o próximo, com o FC Porto terão muita visibilidade, teremos bastante apoio, e, com confiança e uma ponta de sorte, podemos fazer uma surpresa.» 
  
Considerando que a Briosa poderia ter, nesta altura, «pelo menos mais quatro pontinhos», Rafael Lopes não encontra outra explicação para a atual situação da equipa do que o fator sorte. «Tem faltado estrelinha, mas temos feito bons jogos. Às vezes, é uma pontinha de sorte, fases em que ela não aparece, e, noutras, até chutando mal a bola entra…» 
  
Por isso, o avançado subscreve a ideia de Paulo Sérgio que, se calhar, já é tempo de a Académica se deixar de romantismo e começar a jogar de forma mais pragmática. «Se me disserem que vamos jogar mal com o Benfica, mas ganhar… prefiro assim do que ao contrário», sentenciou.

in maisfutebol 

17 de novembro de 2014

Preço dos bilhetes: Académica vs Benfica

Já se encontram disponíveis os preços dos bilhetes para o jogo entre a Académica e o Benfica, da 11ª jornada da Primeira Liga, um encontro agendado para domingo, dia 30 de Novembro, pelas 18:00, no Estádio EFAPEL Cidade de Coimbra.

Os bilhetes serão postos à venda a partir de 5ªfeira, dia 20 de Novembro


Briosa procura o regresso às vitórias na presente edição do campeonato e todo o apoio é fundamental para que a nossa equipa conquiste os três pontos!

Poderá ficar a conhecer melhor o nosso estádio (respectivas bancadas e sectores) através do diagrama virtual.

O preço dos bilhetes será os seguintes:


BancadaPreço
Sócio15,00€
Poente Inferior35,00€
Poente Superior40,00€
Nascente Inferior35,00€
Nascente Superior40,00€
Sul Inferior (4A)20,00€
Sul Inferior (5A)25,00€
Norte25,00€

in AAC-OAF

Académica e Arouca defrontam-se em Taveiro

A Académica recebe, no próximo sábado (22), o Arouca, em Taveiro, no Estádio Sérgio Conceição. aproveitando o facto de ambas as equipas já terem sido eliminadas da Taça de Portugal. 

O encontro servirá de preparação para o regresso ao campeonato, a 30 deste mês, dia em que os conimbricenses recebem o Benfica, enquanto os arouquense se deslocam a Lisboa, para enfrentar o Belenenses.  

No jogo disputado em Setembro, em Arouca, os estudantes venceram por 0-1, com um golo de Rui Pedro, sendo esta, até agora, a única vitória para a Liga da equipa de Paulo Sérgio.   

in maisfutebol 

14 de novembro de 2014

Académica bate «vizinhos» do Beira Mar por 2-1

A Académica bateu esta sexta-feira o Beira Mar, da II Liga, por 2-1, em jogo à porta fechada realizado no Estádio Cidade de Coimbra. Depois de ter goleado na véspera a sua equipa de Sub-23, os estudantes continuam a manter o ritimo em altura de pausa competitiva, desta feita frente aos «vizinhos» de Aveiro. 

A Briosa abriu o ativo por intermédio de Marcos Paulo, num livre direto, mas viu os aveirenses chegarem ao empate por intermédio de Billal, numa grande jogada, concluída com um chapéu. Ainda antes do intervalo, Schumacher fixou o resultado final, num golpe de cabeça.   

Paulo Sérgio utilizou, desta vez, um onze próximo do habitual, e vai continuar a testar a equipa, enquando a Liga não volta, a 30 de Novembro. O próximo adversário pode ser o Arouca.

in maisfutebol 

13 de novembro de 2014

Rui Pedro em destaque na goleada (6-0) aos sub-23

Rui Pedro foi a figura de proa do particular que a Briosa realizou esta manhã diante dos sub-23, ao apontar cinco dos seis golos da sua equipa.

O número 20 dos estudantes demonstra estar numa excelente condição física e reclama um lugar no onze, ele que nos dois últimos jogos da Liga, e ao contrário do que sucedera em todas as jornadas anteriores, foi relegado para o banco de suplentes.

O outro golo foi da autoria de Marinho, numa partida realizada à porta fechada na Academia do clube. 

in abola 

11 de novembro de 2014

2014/15 - 10J - Rio Ave 3 - Académica 0

video

in sapovideos

2014/15 - 10J - Rio Ave 3 - Académica 0


A Académica perdeu esta segunda-feira com o Rio Ave, fora, por 3-0, numa partida que encerrou a 10ª jornada da Primeira Liga. Os "estudantes" já perdiam ao intervalo por 2-0 e na etapa complementar não conseguiram dar a volta aos acontecimentos, tendo sofrido mais um golo.

A turma orientada por Paulo Sérgio até entrou bem no desafio, conseguindo equilibrar o jogo frente ao Rio Ave, mas a partir do minuto 36 o jogo deu a volta completa. Hassan aproveitou um erro de marcação da defesa estudantil para inaugurar a contagem nos Arcos e fazer, assim, pender a balança para o lado dos homens da casa. O golo do Rio Ave surge numa bola parada rioavista mal assinalada pelo árbitro Pedro Proença. 

Quatro minutos depois, e ainda a recuperar do golo sofrido, a Académica viu a desvantagem aumentar com novo golo do egípcio Hassan, que surgiu na cara de Cristiano para fazer o 2-0. Ao intervalo, Paulo Sérgio mexeu no jogo colocando Lino em campo e a verdade é que a Briosa surgiu mais afoita em campo, criando até algumas ocasiões para voltar a entrar na discussão do jogo mas a pontaria na frente de ataque nunca foi a melhor.

Disso se aproveitou o Rio Ave para fazer o 3-0 final num contra-ataque concluído por Ukra. Cristiano, mais uma vez, nada podia fazer. O apito final confirmou o triunfo dos homens da casa perante uma Académica que não conseguiu regressar às vitórias na Primeira Liga.

O próximo jogo da Briosa será no dia 30 de Novembro, em casa, diante o Benfica. Força Rapazes! 

in AAC-OAF

nº espectadores: 1810 
árbitro: Pedro Proença 


Crónica 

A noite estava fria e ventosa, o jogo também não dava mostras de poder aquecer, arrastando-se até aos 35 minutos num desinteressante 0-0. 
  
Mas estava lá o egípcio goleador: Hassan, estranhamente relegado para o banco na maior parte dos jogos do Rio Ave esta época, justificou em pleno a titularidade e abriu o livro. Dois golos em quatro minutos, Hassan a abrir caminho a um triunfo claro e tranquilo dos vilacondenses, agravando ainda mais a situação da Académica de Paulo Sérgio. 
  
Apenas 96 horas depois do empate 2-2 com o Steaua (que ao mesmo tempo permitiu ao Rio Ave pontuar pela primeira vez na fase de grupos, mas afastou os vilacondenses de mais ainda altos voos na prova), Pedro Martins optou por algumas alterações no onze, tentando assim reduzir o impacto de desgaste físico.   
  
Cássio voltou à baliza; Vilas Boas, Marvin e Hassan foram titulares; Prince, Del Valle e Esmael começaram no banco.  

As mudanças até fizeram bem ao Rio Ave, sobretudo lá na frente: o egípcio, motivado pela oportunidade, voltou a provar que é, de longe, o melhor concretizador do plantel vilacondense, e chegou ao quinto golo na conta pessoal no campeonato (depois do hat-trick ao Estoril e do tento ao Penafiel). 

Até ao 1-0, o empate até parecia resultado aceitável. Mas os golos do egípcio fizeram a Académica desacreditar nas suas próprias possibilidades: e tudo ficou mais simples para a equipa da casa. 

Ainda havia meia hora, mas nem assim 

O quadro muito favorável para a equipa da casa quando se chegou ao intervalo (2-0 e adversário sem chama) fazia adivinhar uma segunda parte relativamente tranquila para a equipa da casa. 

E foi mais ou menos isso que se passou. O Rio Ave até podia ter chegado ao 3-0 mais cedo, através de um remate de Ukra na cara de Cristiano e de mais ou outro bom lance ofensivo. 

A Académica agrava a sua crise, mas até esteve perto do 2-1, pertíssimo mesmo: ao minuto 60, Obiora apareceu isolado, mas não fez melhor do que oferecer a bola a Cássio. 

Um golo academista dava meia hora de esperança ao conjunto de Paulo Sérgio. Assim, acabou por ser o Rio Ave a aproveitar, com belíssima arrancada de Ukra, para o 3-0.  

Os últimos minutos da partida foram de gestão vilacondense (saíram Diego Lopes e Wakaso, entraram Bressan e Abalo) e de depressão academista (pela iminência de mais uma derrota e, desta vez, pesada). 

Sobreviverá Paulo Sérgio a mais esta derrota?


Destaques 

O MOMENTO

Hassan à matador 
O Rio Ave tinha acabado de abrir o ativo, por Hassan, mas ainda havia muito jogo a cumprir. Mas o egípcio estava com o pé quente: Ukra faz boa arrancada, Tiago Pinto assistência maravilhosa, Hassan agradeceu e bisou. Perto do minuto 40, o jogo parecia… quase decidido. 
  
A FIGURA

Hassan 
Quem faz dois golos em quatro minutos, deslindando o impasse de um jogo que esteve 35 minutos em modo de adormecimento tem que ser a figura desta partida. Hassan, egípcio de vocação co c
oncretizadora, voltou a dizer presente e deixou claras indicações de que, se tiver mais minutos de utilização, pode muito bem ser um candidato a melhor marcador do campeonato. Já vai em cinco golos… 

OUTROS DESTAQUES

Ukra 
Está em grande forma. Já tinha feito um grande jogo com o Steaua. Quatro dias depois, voltou a fazê-lo, diante da Académica: fez o livre para o primeiro golo de Hassan; a arrancada que iniciou a jogada do segundo tento do egípcio; assinou o terceiro golo, noutra bela arrancada. É um dos líderes deste Rio Ave de combate e alguma virtude. 
  
Tiago Pinto 
Pedro Martins, no lançamento da partida, tinha-lhe dado grande moral, dizendo que é «talvez o melhor lateral-esquerdo do futebol português». E Tiago Pinto não deixou ficar mal o técnico do Rio Ave, assinando assistência simplesmente primorosa para Hassan, no lance que, na prática, resolveu o jogo em definitivo. 
  
VEJA O AO VIVO DO RIO AVE-ACADÉMICA 

Tarantini 
O maestro do costume: boa leitura de jogo, interpretação correta dos diferentes momentos. Viu amarelo cedo, mas soube gerir o risco e voltou a assinar exibição de bom nível. 

Rui Pedro 
Entrou bem, lançou a Académica para a melhor fase do jogo, mas foi lançado tarde. Porquê?


Opiniões 

Pedro Martins, treinador do Rio Ave, na flash à SportTV após o jogo com a Académica, que encerrou a jornada 10 da Liga: 
  
«A equipa deu boa resposta, não foi fácil aquele golo do empate sofrido nos últimos segundos com o Steaua. Podíamos ainda estar na discussão do apuramento. Mas rapidamente pusemo-nos de pé e demos boa resposta neste jogo» 

«Na primeira parte tivemos momentos em que roçámos a perfeição. Jogámos simples, fizemos o que devíamos fazer, criámos bons movimentos. Chegámos com justiça a boa vantagem» 
  
«No segundo tempo, a Académica apareceu bem, foi um jogo com três boas equipas: nós, a Académica e a equipa do sr. Pedro Proença»

Pedro Martins, treinador do Rio Ave, na conferência de Imprensa após o triunfo com a Académica: 

«Seria preocupante seria se não criássemos oportunidades. Faltava um pequeno clique. Numa fase inicial, alguma dificuldade em adaptação ao esforço, agora recuperam muito mais rápido. era uma questão de tempo para os golos voltarem a aparecer...»

«O Hassan é um excelente finalizador, o Esmael também está a jogar bem, mas não a finaliza... Apostei no Hassan, ele fez dois golos de grande qualidade. Marvin? É normal não ter grande ritmo, veio mais tarde, juntou-se em fase adiantada, mas fez primeira parte muito interessante».

«Foi uma vitória indiscutível. Fizemos primeira parte muito boa, a equipa jogou com muita alegria e saúde física. Depois do jogo de quinta feira com grande desgaste, nada melhor que uma resposta destas. Estamos cá há seis meses e parece que foi ontem. É um prazer trabalhar com estes jogadores, porque dão tudo o que têm». 

Paulo Sérgio, treinador da Académica, na flash à SportTV após o jogo em Vila do Conde, que encerrou a jornada 10 da Liga: 

«Dá a ideia que a equipa sabe jogar. Isso viu-se na segunda parte.» 

«Fizemos uma primeira parte em fomos cobardes, escondemo-nos do jogo, não quisemos sair. Pagámos por isso. Mas no segundo tempo vi uma equipa que jogou bem, que soube jogar, que mostrou que é capaz» 

«Vamos analisar, ver o que está mal. Esta paragem é boa para nos dar tempo para fazer isso» 

«Fomos ingénuos, não podemos continuar a cair nisso» 

«A equipa tem que ser mais pragmática, mesmo que isso implique não jogar bem» 

Paulo Sérgio, treinador da Académica, na conferência de Imprensa após a derrota (3-0) em Vila do Conde: 

«Grande desilusão pela prestação feita hoje. Quem viu o jogo, com o Rio Ave a gerir o resultado na segunda parte, parece que a equipa só reage depois de se dar mal. A equipa deixa que o jogo se desequilibre de bola parada, sofre em contra-ataque numa relação de quatro para um e permite um golo fácil. É muita ingenuidade. Criámos quatro ou cinco oportunidades que não marcámos. Deixa-me a analisar se não terei que fechar mais a equipa, alterar o romantismo e tornar a equipa mais prática na busca dos pontos. A equipa deixa a ideia que sabe o que faz, mas os resultados não correspondem.»

«Compreendo os adeptos, estou tão insatisfeito como eles...»

«Vamos dar a volta a isto, não sou homem de desistir de coisa nenhuma» 

Hassan, avançado do Rio Ave, em declarações à Sport TV, depois de bisar na vitória frente à Académica por 3-0: 
  
«É muito bom marcar. Estou muito contente por marcar e pela vitória. Estamos em sétimo e é muito bom para a equipa. Se continuarmos assim vamos ganhar também os próximos jogos. Queremos ganhar mais jogos para tentar ficar acima do sétimo lugar. Já disse que o meu objetivo era fazer 15 golos. Hoje fiz o sexto. Estou contente pela vitória e pelos golos.»


Nuno Piloto, médio da Académica, em declarações à Sport TV no final da derrota em Vila do Conde: 
  
«É um resultado bastante penalizador. Não estivemos bem na primeira parte, sofremos dois golos de bola parada, mas entrámos melhor na segunda parte, só que sofremos o terceiro golo. Não conseguimos concretizar, dar o melhor seguimento aos lances. Na segunda parte tentámos ter uma maior saída pelos corredores. Sofremos o terceiro golo também por isso.»


Ao minuto 

90'Assistência para golo de Ukra.
90'FIM DO Rio Ave, (3) - Académica, (0)
90'Assistência para golo de Diego Lopes.
90'Schumacher, após bom toque de Salli, quase faz o 3-1...
90'Assistência para golo de Tiago Pinto.
90'Final, 3-0!!
90'Três minutos de descontos
89'Canto para a Académica
85'Entra S. Abalo (Rio Ave)
85'Sai A. Wakaso (Rio Ave)
84'Sai Diego Lopes (Rio Ave)
84'Entra Renan (Rio Ave)
83'Ukra marca canto, Tarantini cabeceia ao lado
81'Ganha canto, o Rio Ave
77'Entra E. Salli (Académica)
77'Sai G. Magique (Académica)
75'Remate de Marcos Paulo, Cássio ainda desvia
73'Sai M. Zeegelaar (Rio Ave)
73'Entra Del Valle (Rio Ave)
71'Hassan vê o guarda-redes adiantado, tenta a sua sorte...
69'Jogo parado, problemas de comunicação dos árbitros
65'Entra Rui Pedro (Académica)
65'Sai Nuno Piloto (Académica)
65'Jogo decidido: Ukra rápido a isolar-se, agradecendo grande passe do meio. Está feito o terceiro
65'3-0, Ukra!!!
65'GOOOOOOOOOOOOOOOOOLO de Ukra.
60'Se a Académica reduzisse, a meia hora do fim, ainda podia haver jogo...
60'Obiora desmarca-se, após livre, mas faz passe autêntico a Cássio...
60'Incrível!! Académica falha incrivelmente o 2-1...
59'Cartão amarelo para Ukra.
55'Mais um canto para o Rio Ave
55'Diego Lopes, livre direto, Cristiano defende para canto
53'Livre perigoso, Magique faz falta sobre Tarantini
53'Cartão amarelo para G. Magique.
48'Ukra remata, defende Cristiano...
46'Sai Aníbal Capela (Académica)
46'Entra Lino (Académica)
46'Recomeça o Rio Ave - Académica
45'Rio Ave muito bem lançado, graças a dois golos do egípcio Hassan
45'Intervalo, 2-0
45'Intervalo no Rio Ave - Académica
45'Um minuto de desconto
45'Canto para a Académica
45'Canto para o Rio Ave
41'Canto para a Académica
41'Livre perigoso a favorecer a Académica
39'2-0, Hassan!! Bela assistência de Tiago Pinto, depois de grande arrancada de Ukra. Hassan a bisar
39'2-0, Hassan!!
39'GOOOOOOOOOOOOOOOOOLO de Ahmed Hassan Koka.
36'Quinto golo de Hassan na Liga, depois do hat-trick no Estoril e do tento ao Penafiel
35'Livre de Ukra pela direita, Hassan a aparecer rápido e a faturar
35'1-0, Hassan!!!
35'GOOOOOOOOOOOOOOOOOLO de Ahmed Hassan Koka.
34'Remate forte de Ivanildo, por cima
32'Quarto canto para a Académica
32'Canto para a Académic
32'Nuno Lopes com assistência médica
30'Diego Lopes, perde o lance
30'Falta de Hassan
27'Bom corte de Wakaso, tira o pão da boca de Aderlan
25'Jogo ainda muito frio, como o tempo...
24'Canto para a Académica, Cássio agarra bem
23'Decide bem, Pedro Proença
23'Tarantini leva amarelo por suposta simulação de penálti
23'Cartão amarelo para Tarantini.
20'Rio Ave com mais bola, mas sem criar grande perigo
18'Falta de Nuno Lopes sobre Ivanildo
17'Falta de Tarantini sobre Schumacher
16'Fora de jogo assinalado a Schumacher
16'Tarantini, por cima, depois de canto marcado pela direita
10'Jogo ainda em fase de estudo mútuo...
9'Ivanildo a ser assistido...
7'Cruzamento de Ukra na direita, Cristiano afasta a soco
4'Rio Ave tenta assumir o controlo do jogo
1'Começa o Rio Ave - Académica
0'As equipas já aqueceram, tudo a postos para o início do encontro
0'Académica: Cristiano; Aderlan, Aníbal Capela, Iago e Ricardo Nascimento; Obiora, Nuno Piloto e Marcos Paulo; Magique, Schumacher e Ivanildo.
0'Rio Ave: Cássio; Nuno Lopes, Marcelo, Vilas Boas e Tiago Pinto; Tarantini e Wakaso; Marvin, Diego Lopes e Ukra; Hassan.
0'JÁ HÁ EQUIPAS OFICIAIS
0'Em 14 jogos para a Liga, em Vila do Conde, o Rio Ave venceu sete, houve seis empates e apenas um triunfo da Académica.
0'Paulo Sérgio antes do jogo: «O Rio Ave vai procurar os três pontos, joga em casa, mas a Académica também tem essa intenção e concordo absolutamente com as declarações do Pedro Martins. O Rio Ave é uma equipa de homens sérios, que não tem tido muitas mexidas nos últimos três anos. É um grupo coeso, que tem demonstrado qualidade. A qualidade mantém-se, mesmo com os métodos do Pedro e temos que estar no top para conseguirmos os nossos intentos»
0'Pedro Martins antes do jogo: «A Académica pratica bom futebol e tem princípios que näo fogem à regra daquilo que säo as equipas desinibidas do Paulo Sérgio. Mas queremos dar sequência ao que de bom temos feito no campeonato. Seria importante vencer este jogo para não perder o comboio da frente. Num desafio com um grau de dificuldade tão elevado como o que vamos ter, a equipa sabe que, quanto melhor jogar, mais perto ficará de vencer»
0'Hugo Seco, Olascuaga e Lucas Mineiro falham o jogo por opção, enquanto João Real ainda recupera a forma
0'Ederson e Luis Gustavo (opção) são ausências
0'Com apenas oito pontos, a equipa de Paulo Sérgio está praticamente proibida de perder em Vila do Conde, se quiser fugir dos lugares mais perigosos. No mínimo o empate será objetivo da formação academista, que não vence desde 28 de setembro (em Arouca, 0-1
0'O empate com o Steaua ditou o afastamento matemático da próxima fase da Liga Europa, mas também confirmou o primeiro ponto no grupo J e pode ter dado ainda mais confiança a um Rio Ave que está a assinar uma boa época. Ainda por cima, em caso de vitória, o conjunto vilacondense iguala o Sporting com 17 pontos.
0'Boa tarde. A partir das 20h tem início, em Vila do Conde, o Rio Ave-Académica, partida que encerra a jornada 10 da Liga. Siga tudo AO VIVO no Maisfutebol
Acompanhe aqui o AO MINUTO deste jogo dia 10 Nov 2014 às 20:00

in maisfutebol 

2014/15 - 10J - Rio Ave - Académica: Antevisão

Será que o favoritismo vilacondense vai confirmar-se em campo?

O MOMENTO

Rio Ave: O empate com o Steaua ditou o afastamento matemático da próxima fase da Liga Europa, mas também confirmou o primeiro ponto no grupo J e pode ter dado ainda mais confiança a um Rio Ave que está a assinar uma boa época. Ainda por cima, em caso de vitória, o conjunto vilacondense iguala o Sporting com 17 pontos.

Académica: Com apenas oito pontos, a equipa de Paulo Sérgio está praticamente proibida de perder em Vila do Conde, se quiser fugir dos lugares mais perigosos. No mínimo o empate será objetivo da formação academista, que não vence desde 28 de setembro (em Arouca, 0-1)


AUSÊNCIAS

Rio Ave: Ederson e Luis Gustavo (opção)

Académica: Hugo Seco, Olascuaga e Lucas Mineiro falham o jogo por opção, enquanto João Real ainda recupera a forma

DISCURSO DIRETO

Pedro Martins: «A Académica pratica bom futebol e tem princípios que näo fogem à regra daquilo que säo as equipas desinibidas do Paulo Sérgio. Mas queremos dar sequência ao que de bom temos feito no campeonato. Seria importante vencer este jogo para não perder o comboio da frente. Num desafio com um grau de dificuldade tão elevado como o que vamos ter, a equipa sabe que, quanto melhor jogar, mais perto ficará de vencer»

Paulo Sérgio: «O Rio Ave vai procurar os três pontos, joga em casa, mas a Académica também tem essa intenção e concordo absolutamente com as declarações do Pedro Martins. O Rio Ave é uma equipa de homens sérios, que não tem tido muitas mexidas nos últimos três anos. É um grupo coeso, que tem demonstrado qualidade. A qualidade mantém-se, mesmo com os métodos do Pedro e temos que estar no top para conseguirmos os nossos intentos»


Histórico de confrontos:

Em 14 jogos para a Liga, em Vila do Conde, o Rio Ave venceu sete, houve seis empates e apenas um triunfo da Académica.


EQUIPAS PROVÁVEIS:

Rio Ave:  




Outros convocados: Carlos Alves, Roderick, Vilas Boas, Bressan, Marvin, Abalo, Hassan, Boateng, Jebor

Académica:





Outros convocados: Lee, Oualembo, Lino, Fernando Alexandre, Rui Pedro, Marinho, Rafael Lopes e Salli
 

9 de novembro de 2014

Oualembo, Lino e Rafael Lopes voltam para Vila do Conde

Os regressos de Oualembo, Lino e Rafael Lopes são a novidade da lista de 19 jogadores escolhida por Paulo Sérgio para a deslocação da Académica a Vila do Conde, esta segunda-feira, para enfrentar o Rio Ave, no encerramento da 10ª jornada da Liga.

Quer isto dizer que, em relação ao jogo com o Sp. Braga, verificam-se as saídas de Ofori, Jimmy  e Pedro Nuno.

Hugo Seco, Olascuaga e Lucas Mineiro falham o jogo por opção, enquanto João Real ainda recupera a forma.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Cristiano e Lee;
Defesas: Aderlan, Oualembo, Capela, Iago Santos, Ricardo Nascimento e Lino;
Médios: Fernando Alexandre, Obiora, Marcos Paulo, Nuno Piloto e Rui Pedro;
Avançados: Marinho, Magique, Schumacher, Rafael Lopes, Ivanildo e Salli.

in maisfutebol

Paulo Sérgio acredita numa Académica cada vez mais forte

A Académica desloca-se a Vila do Conde esta segunda-feira, para o jogo de encerramento da 10ª  Liga, e Paulo Sérgio deixa um aviso ao Rio Ave. «Penso que, obrigatoriamente, a equipa apresentar-se-á cada vez mais forte. É um grupo com muita gente nova, e jovem, e que vai evoluir de forma natural, cada vez mais conhecedor da competição e dos métodos coletivos. Temos vários jogadores num bom momento, a quererem jogar, a demonstrarem que querem jogar, e isso traduz-se em boas dores de cabeça», referiu o técnico neste domingo, em declarações reproduzidas pelo site oficial do clube. 

«O Rio Ave vai procurar os três pontos, joga em casa, mas a Académica também tem essa intenção e concordo absolutamente com as declarações do Pedro Martins. O Rio Ave é uma equipa de homens sérios, que não tem tido muitas mexidas nos últimos três anos. É um grupo coeso, que tem demonstrado qualidade. A qualidade mantém-se, mesmo com os métodos do Pedro e temos que estar no top para conseguirmos os nossos intentos», acrescentou, deixando a fórmula para este jogo: 

«A Académica tem que agarrar no jogo sério que fez a semana passada e evoluir, não dar um passo atrás mas sim dar um passo à frente. Temos que apresentar a mesma concentração, sermos uma equipa mais objetiva, fundamentalmente nas nossas ações ofensivas.» 

in maisfutebol 

8 de novembro de 2014

Ricardo Nascimento focado no regresso às vitórias

O defesa da Académica, Ricardo Nascimento, disse este sábado que o objectivo da Briosa em Vila do Conde passa por regressar às vitórias. O esquerdino lembrou que os “estudantes” vão dar o melhor que têm para conseguir levar de vencida o europeu Rio Ave.

“Queremos fazer um bom jogo e voltar a vencer. Isso é importante. Vamos defrontar uma boa equipa mas queremos regressar às vitórias. Temos que dar o nosso melhor para conseguirmos o nosso objetivo. O facto de eles terem jogado durante a semana não deverá ter influência durante o encontro. Teremos que entrar forte no jogo.”, disse. 

Questionado se a Académica se sente a jogar melhor fora de portas – foi nessa condição que a equipa alcançou a única vitória no campeonato – Ricardo Nascimento rejeitou essa possibilidade e defendeu que tem faltado uma “pontinha de sorte” à Briosa.

“Em casa tem-nos faltado uma pontinha de sorte, temos feito boas exibições. O empate com o SC Braga foi moralizador porque fizemos um bom jogo, a confiança voltou a subir.”, adiantou.

Nascimento referiu que os “estudantes” estão preparados para o “vento a e chuva” que podem encontro no reduto do Rio Ave e frisou que seria justo a Académica ter mais pontos do que aqueles que tem actualmente, pelo bom futebol que tem apresentado.

“Ainda não temos os pontos que queríamos, até porque temos feito bons jogos. Tem faltado alguma sorte mas a nossa hora vai chegar. Os pontos que temos não correspondem ao desempenho que temos tido.”, terminou.

in AAC-OAF

7 de novembro de 2014

Cabo Verde recebe 1.º Encontro das Académicas

Cabo Verde recebe I Encontro Internacional das Académicas

A cidade de Porto Novo, em Santo Antão, vai ser palco do I Encontro Internacional das Académicas em Cabo Verde, numa iniciativa agendada para o dia 15 de Novembro.

As nove Académicas daquele país africano (Porto Novo, Mindelo, Sal, Boavista, 83 do Maio, Calheta, Praia, Fogo e Brava) vão estar presentes na reunião de trabalho com a Académica de Coimbra, que se fará representar pelo Presidente da Direcção, José Eduardo Simões.


O I Encontro Internacional das Académicas em Cabo Verde foi explicado esta quinta-feira, em conferência de imprensa realizada na Academia Dolce Vita, pelo próprio Presidente da Briosa.

A comitiva da Académica parte de Portugal no dia 12 e regressa a 17 de Novembro. Do programa oficial da visita consta não só a realização do I Encontro Internacional das Académicas em Cabo Verde mas também uma série de contactos promovidos pela Briosa junto de entidades locais.

Pode consultar o vídeo da conferência de imprensa aqui:


in AAC-OAF

6 de novembro de 2014

Rafael Lopes em dúvida para o Rio Ave

No seguimento da preparação do encontro da próxima segunda-feira (20 horas), em Vila do Conde, diante o Rio Ave, a Briosa realizou na manhã desta quinta-feira mais uma sessão de trabalho, desta feita no campo da Pedrulha.

Rafael Lopes, ainda a recuperar de uma contratura, foi o único ausente, pelo que a utilização do ponta de lança no encontro da 10.ª jornada da Liga ainda é uma incógnita.

Por sua vez, Aníbal Capela e Ricardo Nascimento deverão entrar nas contas de Paulo Sérgio.

Esta sexta-feira está marcado novo treino pelas 10 horas na Academia do clube.

in abola 

5 de novembro de 2014

2014/15 - 10J - Rio Ave Académica: Horário

Jornada 10 - Rio Ave vs Académica Segunda-feira, 10 de Novembro - 20:00 Sport Tv
Jornada 11 - Académica vs Benfica Domingo, 30 de Novembro ------- 18:00 Sport Tv
Jornada 12 - Académica vs FC Porto Sábado, 6 de Dezembro ---------- 20:15 Sport Tv

2014/15 - 10J - Rio Ave - Académica: Árbitro: Pedro Proença

Nomeações da 10ª Jornada

Sexta-feira, 7 de Novembro de 2014

20h30 - Arouca-Vitória de Guimarães, Jorge Sousa (AF Porto)

Sábado, 8 de Novembro de 2014

20h15 - Sporting de Braga-Gil Vicente, Manuel Oliveira (AF Porto)

Domingo, 9 de Novembro de 2014

16h00
Moreirense-Belenenses, João Capela (AF Lisboa)
Nacional-Benfica, Bruno Paixão (AF Setúbal)
Vitória de Setúbal-Marítimo, Carlos Xistra (AF Castelo Branco)

18h00 - Sporting-Paços de Ferreira, Bruno Esteves (AF Setúbal)

20h15 - Estoril-FC Porto, Artur Soares Dias (AF Porto)

Segunda-feira, 10 de Novembro de 2014  

20h00 - Rio Ave-Académica, Pedro Proença (AF Lisboa)

Académica: indisposição afasta Paulo Sérgio do treino

Treino foi ministrado pelos adjuntos

Académica: indisposição afasta Paulo Sérgio do treino

Paulo Sérgio, o treinador, claro, foi o grande ausente da primeira sessão de treino desta semana da Académica. Uma indisposição, segundo informou o clube, terá estado na origem do afastamento do técnico que, em princípio, já deverá orientar a equipa nesta quarta-feira. 

Em relação aos jogadores, destaque para Aníbal Capela, que falhou a sessão devido a uma lombalgia, sofrida durante o encontro com o Sp. Braga, estando, para já, em dúvida para a viagem a Vila do Conde, para enfrentar o Rio Ave, na próxima segunda-feira.  

Os titulares do último jogo, como é costume, cumpriram um preparo mais ligeiro, tendo Rafael Lopes (contratura) e Ricardo Nascimento (traumatismo na face) evoluído de forma condicionada. 

in maisfutebol 

Aníbal Capela cumpre plano de reintegração

Após ter falhado a sessão de ontem, devido a uma lombalgia, Aníbal Capela já subiu ao relvado na manhã desta quarta-feira, limitando-se, no entanto, a realizar apenas corrida na companhia dos restantes elementos do grupo. 

Depois disso, o defesa central recolheu ao interior da Academia e continuou aos cuidados do departamento médico. O plano de reintegração do número 3 continuará nos próximos dias, pelo que a sua utilização no encontro da próxima segunda-feira (20 horas), no terreno do Rio Ave, é ainda uma incógnita.


Rafael Lopes e Ricardo Nascimento também trabalham com algumas limitações mas, ao que tudo indica, deverão entrar nas contas de Paulo Sérgio para a deslocação a Vila do Conde.

O treinador da Briosa, de resto, foi a principal novidade na sessão matinal de hoje, estando já recuperado de uma indisposição que o impediu de orientar o treino de ontem.
Refira-se, por último, que João Gomes (guarda-redes) e Hugo Ribeiro (defesa central), ambos dos juniores, foram chamados esta manhã aos trabalhos do plantel principal.

Esta quinta-feira os estudantes treinam pelas 10 horas (com os primeiros 15 minutos abertos à Comunicação Social), no Campo da Pedrulha.

Após um dia de folga concedido por Paulo Sérgio, que se seguiu ao empate (1-1) diante do SC Braga, o plantel da Briosa regressou esta terça-feira ao trabalho para começar, desde já, a preparar a deslocação ao terreno do Rio Ave, agendada para as 20 horas da próxima segunda-feira.

Na sessão vespertina que decorreu à porta aberta na Academia do clube, Aníbal Capela não assinou a folha de presenças. O defesa-central está a contas com uma lombalgia e é, para já, uma das dúvidas dos estudantes para o jogo de Vila do Conde.

Rafael Lopes (recupera de uma contratura) e Ricardo Nascimento (devido a um traumatismo na face) trabalharam de forma condicionada, numa sessão mais ligeira para os titulares do encontro com o SC Braga.

Quem também não esteve no treino foi… Paulo Sérgio. O técnico dos capas negras está de baixa devido a uma indisposição, razão pela qual a sessão foi ministrada pelos adjuntos Sérgio Cruz, Mário Artur e Bruno Veríssimo.

Para as 10 horas desta quarta-feira está agendado novo treino, também na Academia.

in abola

2 de novembro de 2014

2014/15 - 09J - Académica 1 - Sp Braga 1: Resumo

ÉDER ADERLAN

2014/15 - 09J - Académica 1 - Sp Braga 1


nº espectadores: 3 263
Árbitro: Bruno Paixão 

Crónica


O caminho estava aberto depois da derrota do Sporting em Guimarães, mas o Sp. Braga não foi capaz de imitar o P. Ferreira e manteve-se atrás dos leões na tabela. Mais por demérito próprio do que por uma exibição exuberante do adversário, a verdade é que o regresso de Sérgio Conceição a Coimbra não permitiu o almejado ingresso no quarto lugar da tabela.

Para quem infligiu a primeira derrota da época ao campeão nacional em competições internas, esperava-se muito mais deste arsenal minhoto que, decididamente, não consegue impor-se fora de portas.

Paulo Sérgio apostou num onze mais defensivo do que o habitual. Já tinha deixado Lino, o habitual lateral-esquerdo, fora dos convocados, para colocar um central (Ricardo Nascimento) no seu lugar.

A maior capacidade de «cobertura» nesse lado teve paralelo no meio-campo onde Rui Pedro, um dos mais utilizados, e garante de criatividade, ficou no banco, para dar lugar a Marcos Paulo, cujas caraterísticas pedem, também, mais para a organização do que para o risco.

Já Sérgio Conceição colocou o onze esperado, apenas com Custódio no lugar de Danilo, já que o médio foi expulso com o Benfica e deixou uma vaga aberta no setor intermediário para ser preenchida pelo experiente internacional português.

Os bracarenses esperaram para ver o que poderia fazer a Briosa e a verdade é que esta, com Ivanildo endiabrado, mostrou algum atrevimento, aquilo a que os treinador gostam de chamar «entrar bem no jogo».

A equipa de Sérgio Conceição pegou, finalmente, no jogo, desceu amiúde até à baliza de Cristiano, mas sempre com pouco critério, refém de um Éder em noite de desinspiração e pressionado das bancadas – os apaniguados estudantis nunca lhe perdoarão a saída.

Mesmo assim, Tiago Gomes ainda atirou à trave, num livre em que Cristiano pareceu facilitar um pouco, deixando a bola passar-lhe por cima. O intervalo, pouco depois, favorecia mais a equipa da casa, que podia assim reagrupar-se nos balneários, e fazer reajustes táticos para a segunda metade.

Já com Luiz Carlos no lugar do amarelado Custódio, os arsenalistas voltaram a ver o adversário surgir melhor em campo, mas incapaz de tapar convenientemente os caminhos para a sua baliza.

Num desses lances, Pardo fugiu pela esquerda, Cristiano ainda evitou o primeiro remate, mas foi impotente perante a recarga de Éder. Num ápice, a Briosa que estaria a ajeitar-se ao empate, viu-se forçada a correr atrás do resultado.

Rui Pedro saltou do banco para conferir maior poder ofensivo à equipa e, à primeira oportunidade, quase fez o empate não fosse uma enorme defesa de Matheus, com o pé direito. O mesmo que Aderlan usou para fazer o empate, logo depois, beneficiando ainda de um desvio em Luiz Carlos.

Regresso ao empate, e regresso à estratégia inicial para os estudantes. Com os minhotos em noite de fraca inspiração, bastou voltar ao crédito do banco para colocar um enorme Fernando Alexandre no caminho das investidas arsenalistas e o ponto soube a vitória.

Destaques


A figura: Ivanildo
Quiçá espicaçado por estar a enfrentar o treinador que o dirigiu nos últimos anos no Olhanense e na Académica, o esquerdino como que acordou para a época, já em Novembro, com uma exibição plena de velocidade, esforço, e energia.

O momento: o grito de Rui Pedro
Ficou no banco o criativo da Briosa, sacrificado, certamente, em prol de uma estratégia capaz de amarrar o conjunto arsenalista. Mas como o jogo mudou com a sua entrada em campo. O grito de revolta que deu quando, logo na primeira oportunidade, poderia ter feito o empate mostrou o caminho aos colegas. O momento do médio ofensivo pode, neste caso, até ser dividido em dois, pois voltou a ter nos pés outro golo, que teria valido a cambalhota completa no marcador, mas falhou no último sopro da partida. Por milímetros, diga-se.

Outros destaques:

Aderlan
Beneficiou de um desvio em Luiz Carlos para fazer o golo, é certo, mas teve o mérito de acreditar e, depois de uma jogada tão vistosa, ver a bola no fundo das redes é o melhor que pode acontecer. É, sem dúvida, bem melhor a atacar do que a defender, que o diga Pardo que beneficiou de espaço nas suas costas.

Éder
Marcou contra a ex-equipa e contra os assobios dos adeptos da Briosa, que não esquecem a forma como saiu de Coimbra. Agora já são apenas quatro as formações da Liga a quem ainda não marcou, mas deve ter sentido aquele momento como um grito de raiva tamanha foi pressão do público sobre si de cada vez que tinha a bola.

Opiniões


Paulo Sérgio, treinador da Académica, em declarações na flash interview da SportTV após o empate com o Sp. Braga (1-1): 
  
«Discordo que o resultado seja justo, mas vale o que vale. A reação ao golo do Sp. Braga foi positiva, fomos atrás do prejuízo e gostei da resposta da equipa. Espero que as ondas de insegurança e incerteza parem. É uma equipa muito jovem, daí alguns erros suicidas, mas se tiver tempo vai dar muitas alegrias às pessoas. Nos dois jogos anteriores não fizemos o que estava ao nosso alcance, hoje foi diferente e gostei. Mérito aos meus jogadores.»

Paulo Sérgio, treinador da Académica, no final do encontro deste domingo em Coimbra, diante do Sp. Braga:

«Fiquei satisfeito porque o Braga não é uma equipa qualquer. Como disse, tínhamos de jogar a roçar perfeição porque se tratava de uma equipa grande, muito forte, com jogadores que fazem a diferença. Nesse aspeto, estamos satisfeitos, pela resposta dada. A equipa [a Académica] é muito jovem, temos 13 jogadores sub 23, e a jogar, e isso paga-se, é preciso tempo. Temos mostrado qualidade, mas, aqui ou ali, temos dado um tiro no pé, como no golo que sofremos hoje. Não sou de tretas, acredito que a equipa tem qualidade e, se todos ajudarem, fica mais fácil. A equipa tem qualidade, é solidária, e tem futuro. Deu uma grande demonstração de qualidade perante uma equipa muito forte. Ainda assim, faltou uma ponta de sorte para conseguirmos os três pontos. Fica um sabor agre e doce, mas houve uma evolução grande, foi uma semana importante de trabalho. Eles perceberam a mensagem, e, perante um grande adversário, soubemos jogar, meter qualidade nos nossos processos, e isso também me satisfez bastante.»

Sérgio Conceição, treinador do Sp. Braga, em declarações na flash interview da SportTV após o empate frente à Académica (1-1): 
  
«Faltou ter mais posse depois do nosso golo. O golo deles surge num ressalto que engana o nosso guarda-redes, mas acontece. O resultado acaba por ser justo. Temos de continuar, com o nosso crescimento as vitórias vão aparecer. Vamos lutar pelos quatro primeiros lugares, sem dúvida nenhuma. Jogámos contra um adversário que, se jogar sempre assim, vai garantir facilmente a manutenção. Hoje o Sp. Braga é visto como um grande, é um grande, e temos de dar resposta à altura.»

Sérgio Conceição, treinador do Sp. Braga, no final do encontro deste domingo em Coimbra, diante da Académica: 

«Parece-me justo o empate. Foi um jogo repartido, por vezes não muito bem jogado, com poucas oportunidades, mas foi um jogo intenso, agressivo, sobretudo no meio-campo. Esperava levar daqui os três pontos até porque era importante dar sequência ao triunfo frente ao Benfica. Não foi possível, a Académica esteve bem, e, se continuar assim, organizada, conseguirá atingir a manutenção mais depressa do que as pessoas pensam. Foi um jogo entretido. Os amarelos ao Custódio e, depois, ao Luiz Carlos, condicionaram um pouco, era um jogo em que era importante estarmos frescos no meio-campo. A Académica organizou-se bem atrás, não tivemos a mobilidade que esperava na primeira parte, melhoramos depois, mas não foi fácil para ambas as equipas. Como candidatos aos primeiros quatro lugares, temos de assumir mais o jogo, ter mais bola, vir aqui e ganhar. O regresso? Tive prazer em ver algumas pessoas, outras não. Como sabem, partilhei esta sala com muitos de vocês durante um ano e alguns meses, e é sempre emocionante voltar a uma casa onde comecei e fui feliz. Como jogador das camadas jovens e treinador, mas não passa disso. Estava focado no jogo.»  

Aderlan, autor do golo do empate da Académica (1-1), em declarações na flash interview da SportTV após o duelo com o Sp. Braga: 
  
«O treinador pede sempre para arriscar à entrada da área. A bola acabou por desviar e felizmente entrou. O treinador dá liberdade para subirmos. Saímos daqui tristes porque não vencemos, pelo nosso volume de jogo e pelas oportunidades. Temos de trabalhar para ganhar o próximo jogo em casa.»

Ruben Micael, jogador do Sp. Braga, em declarações na flash interview da SportTV após o empate frente à Académica (1-1): 
  
«Depois de estarmos a vencer, faltou-nos alguma calma, segurar a bola, aproveitar contra-ataques, etc. Fizemos tudo para ganhar mas o futebol é assim. A Académica entrou forte mas fomos criando oportunidades, soubemos ter calma, a equipa fez um bom jogo e só é pena não termos ganho. Ultrapassamos o Rio Ave mas não o Sporting. Se conseguimos ganhar hoje íamos para o quarto lugar, mas paciência.»

Ao minuto


90'Final da segunda parte do Académica - Sp. Braga
90'Falha Rui Pedro! Salli trabalha bem mas o jogador da Académica atira ligeiramente ao lado no último lance da partida!
90'Quatro minutos de compensação
88'Cartão amarelo para Fernando Alexandre.
86'Cartão amarelo para Nuno Piloto.
85'Entra Alan (Sp. Braga)
85'Sai Rúben Micael (Sp. Braga)
84'Cartão amarelo para Éder.
79'Entra Fernando Alexandre (Académica)
79'Sai Ivanildo (Académica)
76'Entra E. Salli (Académica)
76'Sai G. Magique (Académica)
74'Lateral direito finta para o centro, puxa a bola para o melhor pé e atira forte de fora da área. A bola desvia em Luiz Carlos, passa por cima de Matheus e entra!
73'GOOOOOOOOOOOOOOOOOLO de Aderlan.
71'Cruzamento na direita, Rui Pedro atira em excelente posição mas Matheus afasta!
70'Éder fica muito queixoso após lance com Aderlan. Pareceu agressão, mas árbitro nada marca
68'Entra Rui Pedro (Académica)
68'Sai N. Obiora (Académica)
65'Vai entrar Rui Pedro na Académica
62'3263 espetadores
59'Cristiano ainda segura o primeiro remate de Pardo, mas não evita a recarga de Éder!!!
59'GOOOOOOOOOOOOOOOOOLO de Éder.
58'Entra Salvador Agra (Sp. Braga)
57'Sai Rafa Silva (Sp. Braga)
57'Cartão amarelo para Tiago Gomes.
50'Cartão amarelo para Luiz Carlos.
49'Primeiro canto da segunda parte, para a Académica...
46'Recomeça o Académica - Sp. Braga
45'Entra Luiz Carlos (Sp. Braga)
45'Sai Custódio (Sp. Braga)
45'Intervalo no Académica - Sp. Braga
44'Livre de Tiago Gomes à barra, com Cristiano a confiar no golpe de vista!!!
41'Livre de Aderlan, Obiora quase consegue o desvio para a baliza!!!
40'Éder, para fora!!! Mais uma assobiadela.
35'Muito mal o Sp. Braga... muitos passes falhados no ataque.
33'Livre de Marcos Paulo... contra a barreira!
30'Centro/remate de Ivanildo, quase surpreende Matheus!!! Canto.
27'Tiba continua a sangrar e tem de voltar a ser assistido...
25'Cartão amarelo para Custódio.
25'Jogo interrompido para assistência a Tiba.
20'Monumental assobiadela a Éder depois deste remate...
15'Agarra Cristiano! Rúben rematou muito fraco!
13'Cartão amarelo para N. Obiora.
13'Livre para a Académica.
10'Falha Schumacher!!!
9'Jogo muito dividido!
1'A Académica começa ao ataque! Primeiro canto.
1'Começa o Académica - Sp. Braga
0'Ao todo, são mais de 11 anos sobre o último triunfo dos estudantes em casa, em Junho de 2003, no Estádio Sérgio Conceição, em Taveiro, justamente por causa das obras para o Europeu.
0'A Académica nunca venceu o Sp. Braga no Estádio Cidade de Coimbra. Já se disputaram 11 jogos, no recinto remodelado para o Euro 2004, e registaram-se cinco vitórias minhotas e seis empates.
0'Clubes presentes na bancada: Benfica, FC Porto, Penafiel, Rio Ave (representado por Pedro Martins), V. Setúbal, Málaga, Celta de Vigo, Villarreal, Real Sociedad, Granada, Córdoba, Montpellier, Marselha, PSV e Wisla Cracóvia.
0'Em sentido contrário também há vários casos. Cristiano e Aníbal Capela estão emprestados pelos bracarenses, mas há ainda Fernando Alexandre – um dos que Sérgio Conceição tentou, sem sucesso, levar para o Minho... –, que pertenceu aos quadros do clube da Pedreira, sem ter sido devidamente aproveitado.
0'Até um jogador que não pôde jogar pelos estudantes, apenas se treinou, devido a um embróglio jurídico, está agora integrado no universo bracarense: Saná. O vice-campeão mundial de sub-20 tem estado integrado no plantel dos bês.
0'Além do staff técnico, evoluem agora ao serviço dos minhotos Marcelo Goiano, Djavan e Salvador Agra. Mas também por lá anda um tal de Éderzito, simplesmente Éder, que foi revelado de losango ao peito.
0'Sérgio Conceição, Jorge Rosário, Dembelé, Diamantino Figueiredo e Vítor Bruno, todos eles contribuiram para o oitavo lugar alcançado na época passada.
0'O que há de tão especial num Académica-Sp. Braga além da luta pelos pontos, para fins diferentes, que tantas partidas encerram? A resposta é: reencontros. Muitos. E variados. Não é apenas um bom leque de jogadores que partilha o facto de conhecer ambos os clubes. O sentimento começa na equipa técnica.
0'O árbitro da partida será Bruno Paixão, de Setúbal, auxiliado por António Godinho e Rui Cidade. O quarto árbitro é Tiago Antunes.
0'Suplentes do Sp. Braga: Kritciuk, Sasso, Alan, Luiz Carlos, Sami, Pedro Santos e Salvador Agra.
0'SP. BRAGA: Matheus; Baiano, Aderlan Santos, André Pinto e Tiago Pinto; Custódio; Pedro Tiba e Rúben Micael; Rafa Silva, Éder e Pardo.
0'Suplentes da Académica: Lee, Ofori, Fernando Alexandre, Pedro Nuno, Rui Pedro, Marinho e Salli.
0'ACADÉMICA: Cristiano; Aderlan Silva, Iago Santos, Aníbal Capela e Ricardo Nascimento; Obiora e Nuno Piloto; Magique, Marcos Paulo e Ivanildo; Schumacher.
0'Já há equipas oficiais!
0'CONVOCADOS DO SP. BRAGA: guarda-redes - Kritciuk e Matheus; defesas: Sasso, Tiago Gomes, Boly, André Pinto, Santos, Marcelo Goaino e Baiano; médios: Rúben Micael, Pedro Tiba, Custódio, Alan e Luiz Carlos; avançados: Sami, Ederzito, Rafa, Pedro Santos, Pardo e Salvador Agra.
0'Sérgio Conceição convocou 20 jogadores para este jogo. Djavan, ainda condicionado, Zé Luís, lesionado, assim como Danilo, castigado, falham a partida.
0'CONVOCADOS DA ACADÉMICA: guarda-redes: Cristiano e Lee; defesas: Aderlan, Capela, Iago Santos, Ricardo Nascimento e Ofori; médios: Pedro Nuno, Jimmy, Fernando Alexandre, Obiora, Marcos Paulo, Nuno Piloto e Rui Pedro; avançados: Marinho, Magique, Schumacher, Ivanildo e Salli.
0'Nessa altura, o técnico tinha chamado 20 jogadores, em vez dos 19 para esta partida, pelo que se regista ainda o regresso do jovem Jimmy,Hugo Seco, Oualembo, Olascuaga e Lucas Mineiro falham o jogo por opção, enquanto João Real ainda recupera a forma. Rafael Lopes continua lesionado.
0'Lino e Fábio Santos estão fora da convocatória da Académica para o jogo deste domingo, depois de terem feito parte da lista escolhida para Paulo Sérgio na semana passada, para a visita ao Nacional
0'Parece mentira, mas os comandados de Sérgio Conceição, que regressa à cidade que o viu nascer e crescer para o futebol, não conseguiram ainda qualquer vitória na condição de visitantes. Perderam no Dragão e em Arouca, e empataram na Choupana...
0'Após uma vitória sobre o campeão nacional o moral só pode estar em alta, mas os minhotos precisam de melhorar fora de casa se quiserem ir mais além.
0'Depois do Sp. Braga, há uma viagem a Vila do Conde, e jogos com Benfica e FC Porto em casa. A cabeça ainda está à tona de água, mas, sem uma inversão de marcha rápida, o bólide de Paulo Sergio pode resvalar para o precipício.
0'De três jogos sem perder, finalmente a verem entrar pontos seguidos na contabilidade, os estudantes passaram para o polo inverso: três partidas sem ganhar, com uma eliminação dolorosa da Taça de Portugal pelo meio, e um ciclo terrível à porta.
0'Os bracarenses partem para esta partida com um aliciante: a possibilidade de, em caso de vitória, poderem ultrapassar o Sporting e agarrar o quarto lugar, em igualdade com o P. Ferreira.
0'Os pretos ocupam atualmente o 14º lugar, com sete pontos, enquanto os arsenalistas estão no sexto posto, onde estão também Belenenses e Rio Ave.
0'O Sp. Braga já divulgou o onze para esta noite no Faceboo: Matheus; Baiano, Aderlan Santos, André Pinto e Tiago Pinto; Custódio; Pedro Tiba e Rúben Micael; Rafa Silva, Éder e Pardo.
0'Boa noite. Começa aqui o acompanhamento ao minuto do Académica-Sp. Braga, jogo da 9ª jornada da Liga. Fique ligado!
Acompanhe aqui o AO MINUTO deste jogo dia 2 Nov 2014 às 19:15